Do Ceará a Santa Catarina, confira os resorts mais exclusivos, aclamados e novinhos do Brasil

Olá queridos viajantes. Para enfrentar este calor e fugir um pouco dos problemas, nada melhor do que desfrutar de algumas noites no paraíso. Por isso, trouxemos para vocês algumas das melhores opções de Resorts espalhados pelo litoral brasileiro. São 22 opções para todos os gostos, com seus diferenciais e características principais. Aproveite para programar suas próximas férias conosco!

Beach Park

Picture 1 of 7

Toboágua do Beach Park, onde todo mundo vira criança

Vila Galé – Praia do Cumbuco, CE

Só ele tem: o spa médico mais versátil
Um dos melhores points internacionais de kitesurfe, a Praia do Cubuco tem os ventos e marolas ideais para a prática desse esporte. Numa rajada, os estrangeiros descobriram o lugar e tomaram as rédeas da hotelaria, preparando terreno para a abertura do Vila Galé, da rede portuguesa homônima. Inaugurado em outubro passado, o resort nasce como um mundo à parte no distrito. Paisagismo impecável, piscina de 2.200 metros quadrados e quartos modernos são alguns dos atributos do hotel, mas não os principais. O Spa Satsanga, por exemplo, ostenta 14 salas de massagem, circuito termal e programas de vitalidade que incluem consulta médica, teste ergométrico e acupuntura. Para queimar as calorias acumuladas nos quatro restaurantes, dê uma pausa nos drinques do bar molhado e não perca a aula diária de hidroginástica. Em praia ideal para kitesurfe, o resort mescla conforto e estilo com a vibe do Nordeste. No Spa Satsanga, o programa de vitalidade pode incluir avaliação clínica e sessões de acupuntura.

Beach Park Suites Resort – Aquiraz, CE

Só ele tem: o melhor parque aquático do país

É um pacote dois em um: você se hospeda no segundo melhor resort de praia do Brasil pelo Prêmio VT 2010/2011 e, de quebra, ganha livre acesso ao parque aquático mais idolatrado do país. A diversão começa no hotel, que promove atividades de recreação para adultos e crianças até as 22h30. Coqueiros e espreguiçadeiras contornam a espaçosa piscina e seu bar, com vista para a praia. Os quartos, recém-reformados, não ditam as últimas tendências, mas são confortáveis e têm minicopa e sala com sofá-cama para crianças. Anexo, o Beach Park Acqua Resort é mais novo que o Suites, mas perde em estrutura. Em qualquer um dos dois, o que faz valer a viagem são as atrações do Acqua Park (mais conhecido por Beach Park). No escorregador principal, o visitante despenca de uma altura de 41 metros a até 105 quilômetros por hora. “Insano”, o nome do brinquedo, não é força de expressão.

Serhs Natal Grand – Natal, RN

Só ele tem: tanto conforto por tão pouco

Até o famoso morro de Ponta Negra está careca de saber que o Serhs é o resort mais imponente da Via Costeira, na capital potiguar. Enquanto as crianças se divertem na área temática da recreação, onde podem até almoçar, os adultos desfrutam de um “kids club” só deles, o novo Spa Kensho, que tem oito salas de massagem, terapias aquáticas e piscina térmica. Na confluência das faixas etárias, a piscina principal vem completa de fábrica – enorme, sinuosa, paralela à praia, com partes rasas e fundas, escorregador, hidromassagem, espaço para biribol e bar molhado. Em seu entorno, palmeiras e amendoeiras fazem sombra para a água fresca. Cinco restaurantes, lojas, agências de turismo e espaços de entretenimento como o Sport Bar dão porte e conteúdo ao hotel, que soma 396 quartos espaçosos e modernos, todos com TV de LCD, vista para a praia e, nas unidades de casal, cama king-size.

Nannai Beach Resort – Porto de Galinhas, PE

Só ele tem: bangalôs polinésios

Suspensos sobre espelhos-d’água, os bangalôs polinésios do Nannai são o sonho de consumo dos casais que visitam Porto. Cercados de coqueiros, eles compõem um cenário de paraíso tropical, sensação que a cama king com dossel e o ótimo enxoval ajudam a reforçar. Nas unidades Premium e Master, as mordomias incluem piscina privativa e gazebo de frente para o mar. Sem a mesma fantasia, os 42 apartamentos não fazem feio em conforto e são mais econômicos. A megapiscina, com ilhotas e ótimas espreguiçadeiras, sobra em proporção para o número de hóspedes. Embora as crianças não sejam o foco, elas contam com bom kids club, liberando os pais para aproveitar uma massagem sob a brisa do mar ou treinar tacadas de golfe, na área do chamado pitch’n’putt. Nas piscinas naturais de Muro Alto, em frente ao resort, os passeios de jangada estão incluídos na diária. Os bangalôs polinésios suspensos sobre espelhos-d’água, o paisagismo tropical e as piscinas naturais de Muro Alto darão ares de exclusividade à sua viagem a Porto de Galinhas.

Kenoa Exclusive Beach Spa & Resort – Barra de São Miguel, AL

Só ele tem: uma piscina de pedras balinesas

Com atrações como a muvucada Praia do Gunga, Barra de São Miguel é daqueles destinos moldados para receber um típico resortão de conforto mediano e serviço massificado – exatamente o que o Kenoa não é. Isolado por uma reserva de restinga, o hotel inaugurado em 2009 tem só 23 quartos, todos espaçosos, com equipamentos bacanas e o mar na janela. Matérias-primas naturais, peças étnicas e objetos de designers alagoanos dão um toque de classe às acomodações. A área de lazer segue o conceito “menos é mais”, como atesta a piscina, modesta em proporções, mas chiquetosa no revestimento de pedras balinesas. Com somente quatro salas e produtos Shiseido, o spa é relaxante só de olhar. Auê na recreação? Não rola. Ser chamado pelo nome, encontrar o quarto sempre climatizado e saborear os pratos do chef estrelado César Santos é o máximo que você pode esperar do estafe. O máximo.

Grand Palladium – Imbassaí, BA

Só ele tem: Imbassaí all-inclusive

Treze quilômetros separam o Grand Palladium Imbassaí da Costa do Sauípe, mas poderiam ser 13 mil léguas. Saem de cena um projeto que integra a natureza, gramados e coqueiros por todo lado, prédios discretos dentro do possível, e entra o grandiloquente conjunto de edifícios, o cimento, as piscinas que se unem no esquema quanto maior, melhor. A praia tem as mesmas características do Sauípe e há também um rio que corre paralelo a ela, mas ela parece distante demais de tudo o que colocaram na frente dela. O reino aqui é o do conforto, dentro da pousada, dentro do frigobar, dentro dos bares aquáticos e secos, por trás dos repertórios bossa nova de seus músicos simpáticos demais. Uísque de várias marcas, vinhos espanhóis, argentinos e chilenos, restaurantes à la carte free – há indiano, japonês, regional – e o bufê nosso de todo almoço é bem variado, daqueles que dá cansaço decidir o que comer – e decidir o que deixar de comer. Se você preza a cultura da esbórnia, o Palladium, que vive seu primeiro verão no Brasil, é seu lugar. Perto dele, o Premium, o melhor dos hotéis da Costa do Sauípe, com seu serviço Ambev-Miolo, é a casa do Dom Helder. É um mundo estranho esse em que comemos, bebemos e desperdiçamos sem culpa, como se a vida fora dali fosse apenas privação. Crianças e adolescentes também estão em seu elemento, com kids club, animadores de piscina, bar de praia, salão de jogos etc. Tudo no final parece confluir para esse mundo irreal, meio de cruzeiro, do 12 anos ao alcance do estalar de dedos, das comidas que não podem ser misturadas nos pratos – melhor logo trocar vinte vezes a louça. Diante disso, pensar em dar umas braçadas no mar, correr (até mesmo na esteira) ou curtir a belezas naturais da região, ah, isso dá uma preguiça… (PAULO VIEIRA)

Iberostar Praia do Forte – Praia do Forte, BA

Só ele tem: room service no all-inclusive

Somado ao vizinho Iberostar Bahia, o complexo contabiliza 1 168 quartos, marca da hotelaria brasileira abaixo apenas da Costa do Sauípe. Terceiro melhor resort de praia do país pelo Prêmio VT 2010/2011, o Iberostar Praia do Forte supera o co-irmão Bahia com acomodações mais equipadas (TV de LCD, CD-player, cafeteira), uísque 12 anos, lagosta e room service no all-inclusive e uso livre das dependências do outro hotel. Não que precisasse. Somente no Praia do Forte são cinco restaurantes, quatro bares, cinco piscinas e um amplo teatro com shows todas as noites. A decoração classuda das áreas comuns encontra paralelo na qualidade das instalações, que incluem campo de golfe, três quadras de tênis, kids club, spa e academia com aparelhos de ponta.

Costa do Sauípe – Costa do Sauípe, BA

Só ele tem: cinco resorts (mais cinco pousadas)

O maior complexo de resorts do país agora é 100% brasileiro, após receber R$ 30 milhões em investimentos em 2010. Com quartos luxuosos, bufês infindáveis e uísque 12 anos a um estalar de dedos, o Grand Palladium leva à pacata Imbassaí o way of life dos megarresorts internacionais.

Novo Frade & Golf Resort – Angra dos Reis, RJ

Só ele tem: 38 anos em tão boa forma

Inaugurado em 1972, o antigo Hotel do Frade passou por sucessivas ampliações, encarando a chegada das redes internacionais a Angra. O terreno de 70 hectares ganhou um lindo campo de golfe e diversas atrações, das quais se destacam a piscina principal, as quadras de tênis e os passeios náuticos. As crianças contam com um refeitório próprio, além de kids club e recreação diária. Com TV de LCD, ar-condicionado silencioso e ótimo acabamento, os quartos da categoria Luxo levam boa vantagem sobre as unidades Standard. Além da enorme piscina, o novo resort tem atrações como circuito de arvorismo, pista de boliche e um bowl de skate. Uma reprodução da famosa Rua das Pedras abriga restaurantes e uma danceteria.

Vila Galé Marés – Guarajuba, BA

Só ele tem: a Tailândia em Guarajuba

Aberto em 2006, o resort perdeu um pouco da exclusividade inaugural com a proliferação dos pacotes turísticos, mas tornou-se mais acessível aos mortais. Margeado pela bela Praia de Guarajuba e salpicado de coqueiros, o terreno reserva a área central para a piscina de 3 mil metros quadrados e seu bar em estilo tailandês. A inspiração asiática se repete nos 95 chalés, com telhados pontiagudos e paredes em tons de terracota. Montados com ar split, bom enxoval e ótima mobília, eles diferem dos 352 quartos pelo espaço maior. Nos três restaurantes, o menu varia entre pratos baianos, portugueses e mediterrâneos. Mas vida boa mesmo você terá no suntuoso spa da rede Satsanga, que dispõe de 13 salas e duas suítes para atender os casais. Recreação dia e noite e piscina infantil entretêm a criançada.

Kiaroa Eco-Luxury Resort – Barra Grande, BA

Só ele tem: isolamento e conforto sob medida

Isolado na Península de Maraú, o Kiaroa mostra-se pouco trivial logo no caminho. Para chegar a ele, você tem três opções: atravessar a Baía de Camamu de lancha, sacolejar por 43 quilômetros de terra na BR-030 ou – aí, sim! – usar o transfer aéreo de Salvador, serviço que em 2011 está incluído na diária. Localizado a 40 minutos de caminhada de Taipus de Fora, uma das praias mais bonitas do país, o resort distribui suas 29 acomodações de frente para as areias de Bombaça. A decoração rústica dos quartos empresta charme ao enxoval Trussardi e à TV de plasma. Nos bangalôs, a boa vida é acompanhada de uma piscina ou uma hidro privativas. Compacto na estrutura, o hotel não esqueceu as delícias dos congêneres de porte, como a piscina cênica e o spa com tratamentos de bem-estar.

Txai – Itacaré, BA

Só ele tem: a Praia de Itacarezinho no quintal

Calangos, pássaros e macaquinhos circulam como hóspedes pela mata nativa do hotel, localizado num trecho quase deserto da linda praia de Itacarezinho. Decorados com charme, os 26 espaçosos bangalôs exibem muita madeira, tecidos brancos, cama king e piscina ou hidro privativas, mas não dispõem de TV – ausência sentida também nos 14 quartos. Desligado do mundo, aproveite para curtir a piscina e seu amplo solário, jogar uma partida de tênis ou relaxar no centro terapêutico Shamash, que tem uma vista espetacular da praia. Resort afora, há passeios de canoa pelo mangue até o Rio Tijuípe e uma infinidade de roteiros para bikes, caiaques e ducks, que são alugados pelo hotel. A decoração transada dos dois restaurantes reforça a vocação romântica do Txai, mas as atividades recreativas como pintura e capoeira indicam a nova inclinação do resort pelo público infantil.

Club Med – Trancoso, BA

Só ele tem: animação no alto de uma falésia

Construído no alto de uma falésia à beira-mar, o Club Med de Trancoso conecta-se à bela Praia de Taípe por uma escada de 220 degraus. As areias tranquilas da orla contrastam com a hiperatividade escarpa acima, onde os famosos GOs (Gentis Organizadores) da rede promovem atividades circenses, oficinas de artes, aulas de dança e práticas esportivas. Enquanto a moderna academia e o complexo de tênis fazem milagres pelos corpitchos, o spa e a piscina convidam ao sedentarismo absoluto. Na recreação, brinquedos e brincadeiras são específicos para cada faixa etária. À noite, todo mundo se reúne no teatro e na danceteria, que invade a madrugada. Com tanto a aproveitar, é compreensível que os quartos não primem pela ostentação, embora tenham espaço, equipamentos e conservação elogiáveis. Vizinho ao resort, o green do Terravista Golf é um dos mais bonitos do Brasil – e aberto aos jogadores hospedados no Club Med.

Tivoli Ecoresort – Praia do Forte, BA

Só ele tem: pioneirismo em sustentabilidade

Era uma vez uma praia selvagem, cheia de ninhos de tartaruga, onde o empresário Klaus Peters resolveu erguer um resort ecológico. Em 2006, Peters vendeu seu bem-sucedido hotel ao grupo português Tivoli – e o que era bom ficou melhor. A vegetação nativa permaneceu integrada ao resort, mas os investimentos em conforto deram um up nos quartos. Localizado no melhor trecho da Praia do Forte, o Tivoli esbanja sete piscinas, a mais bonita delas com borda “infinita”. A excelente sala de ginástica ocupa um espaço arejado, em sintonia com a natureza. No Thalasso Spa, são 12 salas, piscina aquecida, caminho de pedras e outros recursos de bem-estar. Para as crianças, é a bagagem das férias que volta diferente, fruto da conscientização ambiental adquirida nos passeios com biólogos.

Breezes Búzios Resort & Spa – Búzios, RJ

Só ele tem: o maior espelho-d’água

O resort abriu suas portas em 2010 com um espelho-d’água de ofuscar: são três piscinas interligadas e 4 mil metros quadrados de superfície, marca recorde da hotelaria brasileira. Os diferenciais de lazer prosseguem nas três pistas de boliche e no circuito de arvorismo. Você ainda pode dropar um bowl de skate, fazer aulas de surfe, wind e kite e dar suas raquetadas numa das quatro quadras de tênis, duas delas cobertas. No enorme Spa Hara, os hóspedes relaxam em 10 salas de massagem, dois ofurôs e uma piscina térmica. Até um pedaço de Búzios o resort trouxe para o complexo: uma reprodução da famosa Rua das Pedras enfileira restaurantes, uma danceteria e um teens club. Os 329 quartos ainda cheiram a novo, são bem equipados e têm algum charme; nos nove bangalôs há jacuzzi e deque privativos.

Sofitel Jequitimar – Guarujá, SP

Só ele tem: gastronomia francesa estrelada

Localizado na Praia de Pernambuco, uma das mais belas do Guarujá, o resort é o melhor do litoral paulista pelo GUIA BRASIL 2011 e endereço do único restaurante estrelado da Baixada Santista, o classudo Les Épices. O atendimento profissional, marca da rede Sofitel, e a conservação das dependências seguem irretocáveis. Nos dias ensolarados, a piscina e os gazebos de frente para o mar funcionam como um ímã de hóspedes. O fitness traz a rubrica da Companhia Athletica, garantia de bons instrutores e ótimos aparelhos. No moderno Le Spa, você vive momentos de glória numa das oito cabines, na piscina de pastilhas ou no ofurô. Para as crianças, o excelente kids club reúne sala de música e de artes, restaurante infantil e figurino para o ensaio de teatrinhos.

Ponta dos Ganchos Resort – Governador Celso Ramos, SC

Só ele tem: cotação “luxo” no GUIA BRASIL 2011

O champanhe de boas-vindas marca o início de uma experiência exclusiva, neste que é o único resort litorâneo da categoria “luxo” pelo GUIA BRASIL 2011. Aliás, soa enganoso qualificá-lo de “resort”. Isolado do mundo por uma densa vegetação, o hotel tem apenas 25 bangalôs, os menores (!) com 80 metros quadrados. Nas 10 acomodações mais novas, os itens de série elencam cafeteira Nespresso, cama king, lareira, jacuzzi com vista para o mar e piscina privativa. Na área de lazer, há o básico de qualidade: um spa compacto, mas com produtos Christian Dior, piscina térmica, fitness, quadra de tênis, home cinema e mesa de sinuca. A prainha, particular do Ponta, tem as mesmas águas verdes que banham a ilhota do restaurante privativo – por privativo, leia-se uma única mesa e somente um casal por noite. O cardápio é assinado pelo renomado chef Laurent Suaudeau.

Costão do Santinho Resort – Florianópolis, SC

Só ele tem: o hexa do prêmio VT O melhor resort de praia das últimas seis edições do Prêmio VT é uma cidade de ócio, diversão e gula. Para transportar os hóspedes, um serviço de Doblòs percorre a megaestrutura do hotel, que tem 10 piscinas (três delas térmicas) e cinco restaurantes. No intervalo das refeições, os bares servem petiscos e aquelas bobagens que todo mundo adora, como hambúrguer, hot dog e sorvete. Muito além do kids club, a criançada se diverte com sandboard, arvorismo, arco e flecha, aulas de surfe, caminhadas noturnas e, no inverno, até patinação no gelo. Para os adultos, o spa faz diversos tratamentos com produtos de marcas como Babor e Mary Cohr. Oito quadras de saibro e três edições da Copa Davis estão no currículo do complexo de tênis, um dos melhores do Brasil. Pouco movimentada, a Praia do Santinho é boa para caminhadas, mas o mar tem ondas fortes e uma água gelaaada.   Agora que você já conhece os melhores resorts de  praia do Brasil, fale conosco e garanta as férias perfeitas! Acta Turismo : (31) 3244 5000   Conteúdo editado do artigo de Fernando SouzaFonte para VIAGEM E TURISMO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *