Conheça as ilhas Seychelles e saiba porque William e Kate escolheram o local para a lua de mel

Localizadas no Oceano Índico africano, as Ilhas Seychelles juntam belas praias e uma natureza exuberante. Tão bonitas são, que para muitos, era aqui que ficava o paraíso. A República de Seychelles é composta de 115 ilhas e se sustenta primordialmente com o turismo.

Sua capital é Victória, e fica em Mahé, principal ilha do arquipélago. Junto com Praslin e La Digue, as três ilhas concentram a maior parte do turismo do país, com as melhores praias e redes de hotelaria. Quanto à língua, o inglês, francês e creole (um francês adaptado) são os idiomas oficiais.

Além das praias, o grande diferencial de Seychelles está na sua incrível diversidade de fauna e flora. Algumas espécies como o “papagaio preto das seychelles” e “coco do mar” são exclusividade do arquipélago, e os locais ainda podem se orgulhar de possuírem uma das mais avançadas legislações ambientais do planeta. Praticamente metade do país está sobre proteção ambiental.

Seychelles também é lugar de dois locais considerados Patrimônio da Humanidade. O Aldabra, maior atol do mundo e habitat do maior povoado de tartarugas gigantes do mundo, é o primeiro. O segundo é de caráter quase divino: o Vale de Mai, em Praslin, lugar que muitos acreditam ter sido o Jardim do Éden, e que pode ser conhecido numa simples caminhada.

As melhores praias ficam em La Digue. Anse Source D¿Argent e Petit Anse são imbatíveis, e o acesso é extremamente tranquilo. Na ilha principal de Mahé, uma das mais procuradas e turísticas é a Beau Vallon. Já em Praslin, as praias são mais desertas. A ilha Fregate tem grande parte do território intacto e dentro de uma área de conservação.

O clima é bom: está sempre quente, só que sem os exageros. É raro as temperaturas ficarem abaixo de 24º C ou acima de 32º C. As chuvas são mais comuns nos meses de janeiro e fevereiro Apesar desta estabilidade climática, pode-se dividir em duas temporadas turísticas: entre outubro e março, com o vento soprando mais fraco, a visibilidade do mar chega a mais de 30 metros e os mergulhadores fazem a festa. Já no período entre de maio e setembro com os ventos mais fortes chegando até 36 km/h, é a vez dos velejadores dominarem o mar.

Para o transporte entre cada pedacinho de terra no arquipélago há as linhas aéreas da Air Seychelles e os catamarães das empresas Cat Cocos, Inter Island Ferry Services e La Belle Seraphina.

Fonte: Portal Terra

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *