10 museus pelo mundo que você não pode deixar de conhecer

No dia 18 de maio é comemorado o Dia Mundial do Museu. E para celebrar esta data tão importante, selecionamos uma lista especial com 10 dos mais importantes museus espalhados pelo mundo:

Museu do Prado, Madrid

O tradicional museu espanhol, localizado em Madri, é um dos mais importantes do mundo. Inaugurado em 1819, junto com o Museu Thyssen Bomemiszae o Museu Rainha Sofia, forma o “triângulo da arte” na cidade espanhola. A quantidade de visitas já se aproxima dos dois milhões e seu acervo é composto por 7.600 pinturas, mil esculturas, 2.400 gravuras e 6.300 desenhos, sem falar em um grande número de documentos históricos e artigos decorativos. Sendo assim, o Museu do Prado é considerado obrigatório para qualquer pessoa que goste de cultura. O horário de funcionamento é da terça-feira ao domingo, das 9h às 20h00, incluído os feriados.

Museu do Prado (Foto Divulgação)

National Gallery, Londres

Localizado em Londres, o espaço é a principal pinacoteca do Reino Unido, ela está bem no coração da cidade, na Praça Trafalgar. Com o objetivo de ser um centro de arte acessível para todas as classes sociais, a pinacoteca foi inaugurada em 1838. O interessante é que o acervo do National Gallery começou a ser formado antes mesmo de o museu existir como instituição. Em 1824, o governo britânico comprou por 57 mil libras 38 pinturas de um banqueiro famoso da época. Sendo um dos poucos museus que tem as Obras de artistas como Leonardo da Vinci, Michelangelo, Monet e Renoir, que atualmente podem ser vistas pelos turistas. O funcionamento do museu é diário, estando abertas das 10h a 18h, somente na sexta-feira que o fechamento ocorre as 21H. O fechamento total do museu só ocorre a partir do 24 de dezembro até 26 do mesmo mês e no dia 01 de janeiro.

National Gallery Trafalgar Square (Londres)

Museu do Louvre, Paris

Sem dúvidas um dos pontos turísticos mais importantes de Paris, moderno, elegante e esplêndido são elogios que cabem para definir o Museu do Louvre. Inaugurado em Paris, em 1793, o Louvre é um dos primeiros museus na história, o que ajudou a formar o conceito de museus com uma instituição pública voltada para a arte. Grande ícone da cultura mundial, esse é o museu onde “Monalisa” quadro emblemático de Leonardo da Vinci dorme. Vale conferir não só por essa razão, mas sim por toda a estrutura apresentada do início ao fim do Museu. É como se você fosse tele-transportado para diversas partes da cultura mundial. O preço da entrada varia de acordo com os programas do museu, para a compra do bilhete que tem acesso a quase todas as acomodações do museu com exceções as partes Napoleon Hall, e o Musée Eugène Delacroix é € 10.

Museu do Louvre

British Museum, Londres

Localizado em Londres: O Britsh Museum foi fundado em 1753, em Londres, marcando a história, sendo o primeiro museu público do mundo. O acervo encontrado soma aproximadamente mais de 8 milhões peças, incluíndo alguns objetos antigos de todos os continentes. Uma curiosidade é que o principal acervo do museu veio de um físico inglês Sir Hans Sloane, um antigo colecionador de objetos de todo o mundo, que após a sua morte deixou a sua coleção a disposição da nação britânica, sendo que foi o princípio do acervo museu. Entre os objetos a mostras, vale destacar que tem algumas peças de uso pessoal e fotos de algumas personalidades famosas como Charles Chaplin e a escritora Agatha Christie.

British Museum (Foto Divulgação)

Museu D’Orsay, Paris

Instalado na antiga estação de trem d’Orsay, no centro de Paris, às margens do Rio Sena, o museu foi aberto ao público em 1896, trazendo uma grande diversidade de obras de arte ocidental, o que na época era novidade. Um caráter que difere esse museu dos outros é a sua estética, enquanto todos os museus são sediados em palácios, o projeto arquitetônico escolhido preservou ao máximo a estrutura original da antiga estação ferroviária. A principal atração do museu é o quadro famoso do pintor Manet, o “Almoço na Relva”, outro quadro ícone no mundo da pintura. A abertura do museu e da Treça-feira aos domingos, fechado na segunda-feira, de terça, quarta, sexta, sábado e domingo a abertura ocorre das 9h30 às 18h, na quinta-feira ocorre das 9h30 até as 21h45. O bilhete de entrada custa 8 €. Para não residentes e sem nenhuma descendência na união européia é 5 €.

Museu D'Orsay - Paris

Museu Egípcio, Cairo

O museu Egípcioé um dos mais importantes do mundo, foi criado pelo governo do país em 1835, localizado em Cairo, atualmente, é o maior exibidor de antiguidades faraônicas do mundo, com mais de 120 mil peças. O turista é levado literalmente ao Egitoantigo através das dependências internas do museu, pode ser visto os artefatos das tumbas dos faraós e também vários documentos dos membros da família real.

Museu Egípcio - Cairo (Foto Divulgação)

Pinacoteca do Estado de São Paulo

Um dos museus de artes mais antigo da cidade de São Paulo, fundado em 1905 no prédio do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. Atualmente, a pinacoteca está no espaço onde funcionava o Deops (delegacia da época da ditadura militar). Próximo a Praça da Luz, a pinacoteca é considerada uma das instituições artísticas mais bem estruturadas mundialmente, contando com atrações mensalmente e com mais de 8.000 obras que oferecem aos visitantes um dos mais abrangentes panoramas da arte brasileira dos séculos 19 e 20. Para o turista que gosta de história a dica é o acervo do pintor Almeida Júnior, que criou quadros de situações cotidianas nacionais do passado, como suas obras “O Violeiro” e “Caipira Picando Fumo”. Segundos dados da própria pinacoteca nos últimos três anos o museu recebeu mais de um milhão de visitantes. Outro lugar que vale a visita é o Museu da Língua Portuguesa, que fica na frente da Pinacoteca, sendo uma oportunidade única para embarcar no universo da nossa língua. Durantes os fim de semana a entrada é gratuita.

Pinacoteca do Estado de São Paulo (Foto Divulgação)

Galeria Uffizi, Florença

Um dos museus mais antigos, se transformando em cartão postal da cidade italiana. Há milhares de turistas que consideram o museu como o mais tradicional do país. Inaugurado em 1958, o acervo tem obras primas aclamadas pelo mundo, como trabalhos de pintores como Leonardo da Vinci e Michelangelo. O museu de Florença combina com a beleza e a tradição da cidade de Toscana, um dos fatores do alto número de visitas, que chega a ser aproximadamente de 7.500 por temporada.

Parte Interna da Galeria Uffizi, Florença (Foto Divulgação)

Masp, São Paulo

Localizado no coração de São Paulo, na Avenida Paulista, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand mais conhecido como Masp é um marco zero paulistano. Inaugurado em 1947, o museu até hoje levanta a curiosidade e conseqüentemente muitos turistas visitam a terra da garoa para conhecer o museu. O visitante encontra no acervo muitas obras da escola artística brasileira, desde quadros mais famosos até raridades, como alguns quadros de artistas como Portinari, Di Cavalcanti, Alfredo Volpi e Tarsila do Amaral. A abertura do museu é da terça feira até os domingos das 11h até 18h, com a bilheteria aberta até as 13:30, sendo que na quinta-feira o horário de fechamento se estende as 20 hrs, com a bilheteria aberta as 19:30. A entrada é R$ 15 inteira, estudante paga R$ 7,00 (Meia-entrada).

Masp - São Paulo (Foto Divulgação)

Museu de Arte Moderna (MoMA) – Nova Iorque

É um dos mais famosos museus de artes modernas do mundo, mais conhecido como MoMA, localizado na cidade de Nova Iorque. Fundando em 1929 com intuito de preencher um vazio que a metrópole tinha em relação a arte. O museu é dividido em diversas partes, como as áreas específicas para filmes e vídeos, fotografia, pintura, escultura, desenhos e imagens e livros ilustrados. Atualmente, os administradores do museu conservam no edifício mais de 150. 000 obras, entre elas, algumas raridades no mundo da arte. Além do espaço voltado para obras de arte, também há uma área dedicada a livros e ficheiros.

Museu de Arte Moderna - MoMA - (Foto Divulgação)

Segundo o SBM – Sistema Brasileiro de Museus, “Os Museus são casas que guardam e apresentam sonhos, sentimentos, pensamentos e intuições que ganham corpo através de imagens, cores, sons e formas. Os museus são pontes, portas e janelas que ligam e desligam mundos, tempos, culturas e pessoas diferentes”. Visitar um museu é, portanto, voltar no tempo, aprender nossa história e valorizar o conhecimento humano!

Certamente, você conhece muitos outros que não estão nesta lista. Compartilhe conosco qual você mais gostou de conhecer e ajude os outros turistas a escolherem o próximo destino! Tem algum que você gostaria de visitar? Conte com a equipe de consultores da Acta Turismo e faça uma excelente viagem!

Até a próxima e não deixe de curtir nossa página!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *